segunda-feira, 23 de agosto de 2010

TECNOLOGIA NA LÍNGUA PORTUGUESA, O QUE PODEREMOS ESPERAR DO FUTURO?

video

TECNOLOGIA NO ENSINO DA PORTUGUESA




  •  1. INTRODUÇÃO

Hoje está se tornando muito comum falar de tecnologia na educação, isto porque com o avanço tecnológico, faz-se necessário introduzi-la em nossas vidas nos tempos atuais.

“ ... É necessário aprender para viver; aprender a aprender, de maneira a adquirir conhecimentos novos ao longo de toda a vida”... (FAURE, 1972).

Em virtude disso, o governo tem implantado vários tipos de recursos tecnológicas nas escolas como o computador, TV, DVD, rádio e etc. Porém sem a capacitação dos professores para saberem utilizar os recursos e mais ainda enquadrá-los aos conteúdos, todo esse aparato se torna sem propósito e continuamos vendo a velha forma de ensinar, o professor falando e o aluno ouvindo.
Com a implantação das novas tecnologias em sala de aula, o professor está a frente de uma nova realidade, mas para ser bem sucedido, deve haver uma capacitação dos educadores em relação ao uso da mídia, porém só é válida com a participação da comunidade escolar.
É notória a presença da modernidade, no entanto, essa tecnologia às vezes não é bem aproveitada.


  • 2.  O USO DA MÍDIA NA SALA DE AULA



Os meios de comunicação fazem parte do cotidiano das pessoas, refletem e reinventam modos de pensar e de agir, influenciando-os em suas decisões.
As mídias quando bem utilizadas são um reforço pedagógico, além de serem prazerosas. Elas atraem a atenção dos educandos aumentando o desempenho escolar.
No âmbito educacional elas não substituem a presença do professor, pois este é o mediador do conhecimento e ele é imprescindível para o processo de ensino-aprendizagem.
Das mídias mais utilizadas em classe podemos citar o vídeo e a televisão, pois contam com diferentes possibilidades de uso. Filmes, desenhos e músicas podem ser trabalhados de uma forma envolvente e educativa enriquecendo o conteúdo programático.
A utilização do computador nas aulas está ligada ao uso da internet, pois hoje está sendo um dos recursos mais procurados pelo alunado, porque ela é uma fonte de pesquisa e um meio de comunicação e de informação. Além disso, o educando pode expor seus trabalhos, trocar experiências com outras pessoas em lugares diferentes. Cada um pode fazer uso desta ferramenta individualmente ou em grupo.

"A utilização das TICs no ambiente escolar contribui para essa mudança de paradigmas, sobretudo, para o aumento da motivação em aprender, pois as ferramentas de informática exercem um fascínio em nossos alunos. Se a tecnologia for utilizada de forma adequada, tem muito a nos oferecer, a aprendizagem se tornará mais fácil e prazerosa, pois “as possibilidade de uso do computador como ferramenta educacional está crescendo e os limites dessa expansão são desconhecidos” (VALENTE, 1993: 01).

  • 3 – O USO DAS TECNOLOGIAS NAS AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA


O professor moderno deve buscar capacitação constantemente diante dos recursos tecnológicos há que é exposto, porque cabe a ele preparar bem as aulas oferecendo desfios e fazendo um acompanhamento perante os alunos. Essa tecnologia deve ser usada para fins educacionais, porém mal utilizada pode ser perigosa e quem vai sofrer as conseqüências disso são os alunos, pois há textos mal escritos e com informações equivocadas.

“O educador autêntico é humilde e confiante. Mostra o que sabe e, ao mesmo tempo está atento ao que não sabe ao novo. Mostra para o aluno a complexidade do aprender, a sua ignorância, suas dificuldades. Ensina aprendendo a relativizar, a valorizar, a diferença, a aceitar o provisório. Aprender é passar da incerteza provisória que dá lugar a novas descobertas e a novas sínteses” (MORAN, 2007).

O professor de português em suas aulas pode trabalhar os textos mal elaborados da internet, mostrando a correta organização de um texto, pode fazer uma crítica à estrutura argumentativa, fazer usos de elementos lingüísticos, além de outras reflexões que um texto pode suscitar.
No processo de ensino-aprendizagem a comunicação mediada pelo computador possibilita uma participação mais ativa e democrática, resultando numa sensação de grupo partilhada pelos integrantes da turma.


  • 4 – CONCLUSÃO

Após análise do corpus exposto, concluímos que cada dia se torna indispensável o uso de estratégia didático- pedagógicas que visem melhorar o desempenho do professor perante o uso das mídias digitais. Para isso, será necessário desenvolver à habilidade do educador, ajustando sua didática à nova realidade social e as TIC’s.
A inclusão das TIC’s em todas as esferas educacionais, não somente no âmbito da língua portuguesa, abre vários leques de análises e novas perspectivas críticas, já que principalmente dentro da internet, os fatos são expostos quase em tempo real.

É importante, então, o professor do nosso tempo conceber as potencialidades das novas tecnologias como ferramenta de apoio ao processo de ensino-aprendizagem da língua portuguesa. O uso de gêneros da esfera digital na sala de aula, se bem orientado, certamente, resultará em uma melhoria significativa na qualidade das atividades relacionadas à produção e à leitura de textos escolares” (GUSMÃO, 2007).

  • 5 – DADOS BIBLIOGRÁFICOS

http://www.espacoacademico.com.br/085/85rocha.htm

http://www.filologia.org.br/vcnlf/anais%20v/civ10_07.htm

http://lsm.dei.uc.pt/ribie/docfiles/txt200373118546paper-241.pdf

http://www.fflch.usp.br/dlcv/lport/pdf/slp01/14.pdf

http://rle.ucpel.tche.br/php/edicoes/v11n2/09Anderson.pdf

domingo, 15 de agosto de 2010

USO DA MÍDIA NA ESCOLA



Hoje está se tornando muito comum falar de tecnologia na educação até porque essa introdução se faz necessária nos tempos atuais.
O governo tem implantado vários tipos de recursos tecnológicos (ou várias mídias) nas escolas como o computador, tv, dvd, rádio, etc. Porém sem a capacitação dos professores para saberem utilizar os recursos e mais ainda adequá-los aos conteúdos todo esse aparato se torna sem propósito.
As mídias quando bem utilizadas são um  reforço pedagógico extraordinário, além de serem prazerosas, elas atraem a atenção dos alunos aumentando o desempenho escolar.
A utilização dessas mídias no ambiente escolar não substitui a presença do professor, pois este é o mediador do conhecimento, imprescindível para o processo de ensino-aprendizagem. É ele também que ajudará o aluno a se tornar um ser crítico, questionador para compreender melhor seu significado dentro da nossa sociedade.